Passeio ao Monte Rigi saindo de Lucerna: roteiros e dicas

Uma dúvida frequente das pessoas que estão planejando um roteiro de viagem pela Suíça é quais montanhas visitar. A Suíça tem muitas montanhas, os famosos “Alpes Suíços”, e nenhuma viagem a este país pode ser considerada completa sem se incluir pelo menos uma ou duas montanhas no roteiro.

As montanhas na Suíça são no geral bastante diferentes em termos de altura, beleza e das atrações disponíveis para se fazer lá em cima. Pesquisar bem sobre as montanhas mais próximas das cidades que irá se visitar na Suíça é muito importante, para se escolher visitar as que estiverem mais de acordo com o que o viajante procura, tanto em termos de atividades, vistas e também custo-benefício. Além disso, definir quais montanhas irá visitar é importante para decidir quais cidades visitar e quantos dias passar em cada uma.

Passeio ao Monte Rigi vista do Lago Lucerna

Nesse post, apresentamos como é o passeio até o Monte Rigi, considerada a rainha das montanhas, localizada pertinho de Lucerna – que é uma das cidades mais bonitas da Suíça. O Monte Rigi tem 1.798 metros de altura e foi a primeira montanha a ganhar a infra estrutura exigida para se chegar ao topo com um pouco de conforto. Muitas celebridades já subiram até o Monte Rigi, como a Rainha Vitória da Inglaterra.

 

Como chegar ao Monte Rigi?

O Monte Rigi está localizado em uma região na Suíça denominada de central, bem perto de Lucerna. Zurique também está próxima, a pouco mais de 50 km – possibilitando um bate-volta bem agradável.

É possível embarcar em um dos meios de transporte disponíveis até o topo do Monte Rigi em diferentes estações:

– Weggis: aqui você pega o teleférico até a estação de Rig Kaltbad e dessa estação pode continuar de trem até o Rigi Kulm, que fica na parte mais alta da montanha.

– Vitznau: nessa estação você pega um trem de cremalheira que vai parando em várias estações pelo caminho até chegar na estação Rigi Kulm.

– Goldau: o trem de cremalheira que parte dessa estação faz paradas intermediárias até a estação final, a Rigi Kulm.

Assim, é possível subir ao Monte Rigi de trem ou combinando o trem com o teleférico, tendo uma visão bem completa da paisagem.

Para chegar até as estações de Weggis ou Vitznau desde Lucerna, o mais recomendado é ir de barco, que não é apenas um meio de transporte, mas um dos passeios mais bonitos para se fazer em Lucerna. Os barcos saem do pier em frente a estação central de Lucerna.

A estação de Goldau pode ser acessada de trem desde Lucerna ou Zurich. Somente recomendamos embarcar nessa estação se você estiver em Zurique e quiser ganhar tempo. Com tempo disponível, o mais recomendado, até mesmo para quem vem de Zurich, é ir de barco até Weggis ou Vitznau.

 

Roteiro para subir ao Monte Rigi

Diante de tantas possibilidades para subir ao Monte Rigi, depois de muito pesquisar optamos pelo seguinte roteiro:

– Pegar o barco no pier em frente a estação central de Lucerna e desembarcar em Vitznau. A viagem dura quase uma hora.

– Em Vitznau caminhar no sentindo da estação e lá embarcar no trem de cremalheira rumo ao Rigi Kulm.

– Após explorar o Rigi Kulm, você pode descer caminhando por uma das trilhas disponíveis até a estação de Rigi Kaltbad ou então embarcar no trem e descer nesta estação.

– Em Rigi Kaltbad você deverá pegar o teleférico que vai para Weggis.

– Chegando em Weggis, basta caminhar rumo ao pier e lá pegar o barco de volta para Lucerna. A viagem de volta dura cerca de 45 minutos.

Esse roteiro é bom porque combina o passeio de barco pelo Lago Lucerna, com a subida de trem e a descida de teleférico. Assim, você terá paisagens belíssimas pelo caminho.

 

Como é o passeio ao Monte Rigi?

Iniciamos o nosso passeio embarcando no barco em Lucerna rumo a cidadezinha de Vitznau. A cidade é uma gracinha e se você tiver tempo vale muito a pena dar uma voltinha por ela. A viagem de barco pelo Lago Lucerna até Vitznau dura cerca de uma hora e é muito gostosa – as paisagens das montanhas são belíssimas. Aproveite para relaxar e apreciar a vista. O barco é bastante estável e não sentimos nenhum mal-estar.

Barco até Vitznau para o Monte Rigi em Lucerna

Em Vitznau embarcamos no trenzinho de cremalheira que nos levou até o Rigi Kulm. A viagem de trem é muito agradável e passa por lugares bonitos e oferece lindas vistas das montanhas. O trem faz várias paradas no caminho, mas optamos em ir direto até a estação final.

Train Vitznau Rigi Bahn em Lucerna

A paisagem da janela do trem é muito bonita, com muito verde cercado de montanhas nevadas!

Paisagem view do trem Rigi Montain

Paisagem do trem para o Monte Rigi Kulm

Durante a subida, se tem uma bonita vista do Lago Lucerna e das montanhas.

Paisagem do trem para o Monte Rigi Kulm

 

Rigi Kulm

Chegando na estação final (Rigi Kulm), desembarcamos e já ficamos deslumbrados com o lindo visual dos alpes suíços. Era início da primavera, em um dia ensolarado, e as vistas eram simplesmente fantásticas. Caminhamos por toda a área do Rigi Kulm e tiramos muitas fotos. Vale muito a pena explorar essa região com calma e depois sentar na grama e apreciar a paisagem alpina.

Trem para o Mount Rigi Train em Lucerna

No Rigi Kulm tem uma loja que vende chocolates suíços da Lindt, um hotel, um bonito restaurante com vista panorâmica, uma plataforma que oferece uma vista de 360 graus, uma pequena capela, além de outras áreas e lugares interessantes. A infra-estrutura do lugar é muito boa, tornando a visita bastante agradável.

Rigi Montain Kulm beautful view

Estação de trem no Monte Rigi

Lindt no Monte Rigi

Daqui partem muitas trilhas que você pode utilizar para explorar a montanha e também para chegar até uma das estações de trem ou do teleférico. As trilhas são muito bonitas e bem sinalizadas, incluindo o tempo de caminhada até o destino.

Paisagem no Monte Rigi estação Kulm

 

Rigi Kaltbad

Após explorar o Rigi Kulm, optamos por descer caminhando até Rigi Kaltbad. As trilhas são lindas e oferecem bonitas vistas para as montanhas. O caminho é muito bem mantido e bem sinalizado. A caminhada durou cerca de duas horas e foi muito agradável. Recomendamos muito fazer essa trilha!

Trilha no Monte Rigi na Suíça

Monte Rigi Trekking na Suíça

Rigi Kaltbad é mais urbanizada do que a região do Rigi Kulm. Aqui você encontra um hotel, restaurantes, lojinhas e um spa maravilhoso com piscina de água mineral com vista para os alpes suíços.

Montain Rigi Kaltbad

Rigi Kaltbad Spa great view montains

Em Rigi Kaltbad embarcamos no teleférico para Weggis, cidade muito fofa na beira do Lago Lucerna. Com um tempinho disponível, aproveite para dar uma volta na cidade que você certamente ficará encantado. Na primavera, a cidade estava cheia de flores e muito verde. A cidade tem várias fontes de água potável.

Teleférico de Rigi Kaltbad para Weggis na Suíça

Teleférico de Rigi Kaltbad para Weggis na Suíça

Em Weggis embarcamos no barco para voltar a estação central de Lucerna. A viagem de volta durou cerca de 45 minutos.

Passeio de Barco pelo Lago Lucerna na Suíça Weggis

 

O que fazer no Monte Rigi?

O Monte Rigi conta com uma boa estrutura, com hotéis, restaurantes e um spa. Oferece muitos mirantes com vistas de tirar o fôlego! Aqui a principal atividade é simplesmente apreciar a magnífica paisagem – de um lado um cenário rural, com montanhas e glaciais indo além do horizonte; do outro lado, temos o Lago Lucerna, com sua forma charmosa. Telescópios gratuitos estão disponíveis para ajudar identificar as montanhas. Outra atividade muito gostosa para se fazer no Monte Rigi é simplesmente caminhar por suas lindas trilhas, explorando a montanha.

Monte Rigi linda vista do Lago Lucerna

Trilha no Monte Rigi Kulm

 

Quanto custa o passeio ao Monte Rigi?

Se você tiver o Swiss Pass o passeio ao Monte Rigi é totalmente gratuito! Isso mesmo, você não paga nada pela viagem de barco, pelo trem ou pelo teleférico. Todo o trajeto é gratuito, estando incluindo no Swiss Pass. Assim, em sua viagem pela Suíça, faça as contas e veja se vale a pena adquirir o Swiss Pass.

Sem o Swiss Pass, você terá que pagar a passagem do barco. Os preços dependem da distância a ser percorrida e podem ser consultados aqui. Além do barco, precisará pagar a passagem do trem de cremalheira ou do teleférico. Os preços também variam dependendo da estação de embarque e do ponto de retorno. Aqui você encontra a relação dos preços. Com o Guest Card (cartão de descontos que você ganha ao ficar hospedado em Lucerna) você ganha 20% de desconto no preço das passagens.

 

Qual montanha escolher: Monte Rigi ou Monte Pilatus?

Dúvida frequente de muitos turistas que planejam uma viagem para a Suíça é qual montanha escolher visitar: o Monte Rigi ou o Monte Pilatus. Depois de muito pesquisar sobre essas montanhas, descobrimos que os passeios são diferentes e que ambos valem a pena. Assim, optamos por fazer os dois passeios.

As duas montanhas oferecem uma boa experiência alpina e vistas diferentes. O Monte Rigi tem uma visão panorâmica e oferece muitas trilhas a serem exploradas. O Monte Pilatus tem uma bonita vista para a cidade de Lucerna e também conta com muitas trilhas.

A vantagem do Monte Rigi é poder combinar com um passeio de barco pelo Lago Lucerna. Já o Monte Pilatus tem a vantagem de estar pertinho de Lucerna, acessível por meio de uma viagem de menos de 10 minutos até a estação de Kriens desde Lucerna.

Como tudo na Suíça, as duas montanhas são bem estruturadas e prontas para receber o turista.

 

Vale a pena subir ao Monte Rigi?

O Monte Rigi oferece uma experiência alpina autêntica, possibilitando experimentar um passeio de barco pelo Lago Lucerna, a subida no trem de cremalheira e a descida de teleférico. Oferece bonitas vistas dos alpes, com boa infra-estrutura e agradáveis trilhas para se caminhar. Juntando ao fato de sair de graça para quem tem o Swiss Pass e os preços bastante razoáveis para quem não tem o Swiss Pass, o Monte Rigi apresenta-se como uma excelente opção de passeio para se fazer quando se estiver em Lucerna ou Zurique.

Caminho da subida ao Rigi Kulm

Agradecemos ao RIGI BAHNEM AG pela colaboração neste passeio ao Monte Rigi.

 

Deixe uma resposta