Descobrindo o Alasca

O Alasca é um dos 50 estados dos Estados Unidos e o maior em extensão territorial. Para se ter uma ideia, é maior que os estados da Califórnia, Texas e Montana juntos! São muitas cidades que merecem ser visitadas no Alasca, como Anchorage, Healy, Fairbanks e Seward.

Chegar ao Alasca não é difícil, pois as principais companhias áreas americanas operam voos diários para lá, principalmente para Anchorage e Fairbanks. Apesar da longa distância do Brasil (cerca de 13 mil quilômetros), é possível chegar lá ainda no início da tarde, graças ao fuso horário de 5 horas a menos em relação ao horário de Brasília.


No verão começa a alta temporada no Alasca, pois a temperatura fica agradável e a neve começa a dar lugar para uma paisagem de beleza imensurável. O verão vai da metade de maio até início de setembro. Justamente é o período em que o preço dos hotéis costuma ser bem maior do que no resto do ano.


Ir durante o verão é muito importante para que se possa conhecer as principais atrações. Praticamente tudo para de operar no início do inverno, como os passeios às geleiras.


Fomos no início de setembro e as cores do outono já se faziam presentes, tornando o cenário muito bonito. A temperatura não estava tão baixa e o sol ainda brilhava por volta das 20hs, tornando os dias mais longos.


Chegamos em Anchorage no início da tarde e fomos direto para Healy, onde ficamos algumas noites para conhecer o Denali National Park. Em seguida, seguimos rumo à cidade de Fairbanks, já no coração do Alasca, com temperaturas mais baixas e cercada por muito verde. Após alguns dias em Fairbanks, pegamos a estrada novamente rumo à Anchorage. Por fim, fomos até Seward, com o objetivo de conhecer os glaciares de perto.

Apesar da viagem ter envolvido longos trajetos de carro, os deslocamentos não foram cansativos, graças às excelentes condições das estradas e do cenário exuberante, que reservava a cada curva uma linda paisagem.

.

 

One thought on “Descobrindo o Alasca

Deixe uma resposta