Guia de Vancouver: atrações, passeios, dicas e roteiros

A cidade de Vancouver sempre aparece entre as cidades mais bonitas e com melhor qualidade de vida do mundo. Localizada na costa oeste do país, Vancouver é uma cidade muito bonita e que não deve ficar de fora do seu roteiro pelo Canadá. É limpa, segura, tem um excelente transporte público, ciclovias por toda a cidade, ótimos restaurantes e muitas atrações.

Gastown em Vancouver Steamclock

Vancouver tem atrações para todos os gostos em qualquer estação do ano. No inverno, destacam-se os esportes de inverno – como ski e snowboar; já no verão destacam-se as atividades ao ar livre, como caminhadas, trilhas, passeios de bicicleta, passeios de barco… Assim é uma cidade que oferece sempre algo legal para se fazer.

Canada 150 anos

Em Vancouver você encontra uma combinação rara de mar e montanha, proporcionando lindos cenários e passeios interessantes – como subir de teleférico até a Grouse Montain ou passear de aquabus pelo False Creek.

 

Como chegar?

Infelizmente,  não existem voos diretos do Brasil para Vancouver. Fomos com a Air Canada, com conexão em Toronto.

Além da Air Canada, é possível chegar até Vancouver com as companhias aéreas americanas (neste caso é exigido o visto americano), fazendo conexão em uma das cidades dos Estados Unidos.

 

Quando ir?

A cidade de Vancouver oferece muitas atividades ao ar livre, sendo que sua temperatura média anual é de 10,5ºC. Não é um destino tão frio quando comparado com os demais destinos no Canadá.

O verão vai de junho a setembro, sendo seco e quente e com poucas chuvas. O inverno, por sua vez, vai de dezembro a março, sendo úmido e com mais chuvas.

O inverno é indicado para quem gosta de esportes de neve, pois existem estações de ski bem próximas. Contudo, não neva muito em Vancouver.

Durante o verão a cidade ganha mais vida, ficando bastante animada e ensolarada, com festivais e praias lotadas. Faz um calor gostoso em Vancouver e os dias são mais longos (com o sol se pondo por volta das 21hs). Com dias mais longos e temperatura agradável, a estação é perfeita para explorar a cidade a pé ou de bicicleta, para passear pelos parques ou ir à praia. O verão é alta temporada em Vancouver, principalmente entre julho e agosto.

O outono e a primavera são estações legais para se visitar Vancouver. Os preços dos hotéis são razoáveis e a cidade fica bem bonita, com as folhas com diferentes tons de amarelo, laranja e vermelho.

 

Onde ficar em Vancouver?

Vancouver não é uma cidade que possa ser considerada barata para se hospedar. Se você não pretender alugar um carro, o ideal é ficar no centro de Vancouver. O centro é bem compacto e você poderá se locomover facilmente pela cidade a pé, de bicicleta ou com o transporte público.

Uma rua próxima ao coração do centro de Vancouver e que tem vários hotéis a preços baixos é a rua E Hastings. Contudo, ficar nessa rua tem um ponto bastante negativo: durante a noite, as calçadas ficam cheias de pessoas vendendo objetos e usuários de drogas. Não é um lugar legal para se caminhar à noite.

Se você estiver de carro pode encontrar boas opções de hospedagem na região North Vancouver. Contudo, para passear no centro de Vancouver terá que deixar o carro em um dos estacionamentos rotativos da cidade. Praticamente não existe estacionamento gratuito nas ruas no centro de Vancouver.

 

Quantos dias ficar em Vancouver?

A cidade de Vancouver oferece muitas atrações, exigindo uma boa quantidade de dias para serem visitadas. Assim, o ideal é ter tempo para explorar a cidade com calma, conhecendo suas atrações e principais pontos turísticos.

Ficamos 5 dias em Vancouver e achamos pouco. Acreditamos que o ideal é ficar 7 dias na cidade, para assim poder montar um roteiro legal, incluindo as principais atrações da cidade.

Se você não tiver tanto tempo assim para ficar em Vancouver, é possível montar roteiros mais compactos e então conhecer boa parte das atrações da cidade em 2 ou 3 dias.

 

Como se locomover em Vancouver?

O transporte público em Vancouver é muito bom e cobre toda a cidade. Você pode comprar um passe diário e utilizar o transporte público pagando um preço único durante o dia inteiro.

Os táxis também são uma boa opção em Vancouver, sendo os preços cobrados pela distância percorrida. Utilizamos para ir do centro para o aeroporto e a corrida ficou em 38 dólares canadenses. Não existe Uber em Vancouver.

Alugar carro em Vancouver é uma boa ideia para quem quer ir além da região central de Vancouver, para visitar as cidades vizinhas. Fora isso, achamos o carro desnecessário. É difícil estacionar na rua e o estacionamento é sempre pago, até mesmo no Stanley Park ou nas praias. A bicicleta é uma opção mais conveniente para explorar Vancouver.

 

Bicicleta em Vancouver

Vancouver é uma cidade que oferece uma estrutura impecável para se andar de bicicleta. As ciclovias são perfeitas, muito bem cuidadas e sinalizadas. Boa parte da cidade é coberta por ciclovias, com faixas exclusivas. Assim, a bicicleta se apresenta como um excelente meio de transporte em Vancouver.

Você não terá dificuldade em andar de bicicleta pela cidade, sendo que as ciclovias são bem sinalizadas e os motoristas dos carros bastante educados e respeitam o ciclista. Além disso, shoppings, lojas, restaurantes e atrações turísticas oferecem lugares para você prender a sua bicicleta.

Bicicleta em Vancouver Bike in Vancouver

Uma das principais atrações da cidade, a Granville Island oferece até valet gratuito para a sua bicicleta.

Alugar uma bicicleta para explorar a região central de Vancouver, passear pelo Stanley Park e ainda conhecer as praias é uma excelente opção. Em nossa viagem, utilizamos os serviços da Yes Cycle, localizada na 687 Denman Street (Telefone 604-569-0088), pertinho do Stanley Park (cerca de 5 minutos). Gostamos bastante das bicicletas que utilizamos, eram muito confortáveis. O aluguel inclui capacete, tranca de segurança e cestinha para carregar objetos. Os preços são bem atrativos e vale muito a pena alugar a bicicleta por pelo menos um dia inteiro para explorar Vancouver.

 

Atrações de Vancouver

Em Vancouver você encontrará muitas atrações e precisará de bastante tempo para visitar todas elas. Apresentamos um pouco das principais atrações turísticas que visitamos em Vancouver:

 

Stanley Park

A primeira atração da nossa lista não poderia deixar de ser o Stanley Park, eleito o melhor parque do mundo pelo Tripadvisor em 2014. O parque é lindo e também enorme! São muitas opções para andar de bicicleta, caminhar pelas suas trilhas, ver os totens, visitar o aquário, apreciar a paisagem, nadar em uma piscina à beira mar, brincar com as crianças em um dos playgrounds, tomar um sol na praia ou descansar vendo os barcos passarem. Não é a toa que o Stanley Park é a principal atração de Vancouver e você não pode deixar de visitar este parque, que é um dos mais famosos do Canadá.

Stanley Park em Vancouver

O parque é bem extenso e para conhecê-lo bem dedique pelo menos um dia inteiro. Pegue um mapa para se localizar dentro do parque e poder encontrar as suas principais atrações. O parque é muito bonito e não pode ficar de fora do seu roteiro em Vancouver.

Chegar ao Stanley Park é muito fácil. Pode-se caminhar facilmente do centro de Vancouver até o parque. Recomendamos seguir pela Robson Street – cheia de lojas, bares e restaurantes. Pode-se chegar facilmente também com o transporte público, de bicicleta ou de carro (tem muitas vagas de estacionamento dentro do parque – todas pagas).

Para explorar o parque é extremamente recomendado alugar uma bicicleta. O parque é muito grande para se explorar a pé e de carro você não poderá andar pelo Seawall ou por suas trilhas.

Alugamos nossas bicicletas na Yes Cycle, localizada na 687 Denman Street (Telefone 604-569-0088). Da loja você já tem acesso a uma ciclovia que te leva direto ao coração do parque em menos de 5 minutos (Lost Lagoon). Pedalar no Stanley Park é uma delícia, o parque é muito arborizado e as ciclovias perfeitas.

Começamos o nosso passeio pelo Seawall, uma ciclovia espetacular de 22 km de extensão – o ponto de recreação mais popular de Vancouver. A ciclovia oferece vistas de tirar o fôlego, incluindo os prédios do centro de Vancouver a famosa Lions Gate Bridge, passando pela English Bay, praias e lindas árvores. O caminho é perfeito, bem sinalizado e organizado: de um lado ficam os pedestres e do outro os ciclistas e patinadores. Pedalar no Seawall foi uma atividade inesquecível, um passeio delicioso para se fazer em Vancouver e não exige preparo físico: é tudo praticamente plano.

Durante o passeio pelo Seawall você passará por importantes atrações do parque, como os totens gigantes, o Brockton Point, o Prospect Point (parte mais alta do parque que possui um café com uma vista sensacional), English Bay, Third Beach, Second Beach e Ferguson Point.

Vancouver Seawall in Stanley Park

English Bay Stanley Park Vancouver City Canada

Após completar o Seawall, recomendamos se aventurar pelas trilhas no interior do Stanley Park. Não deixe de explorar a Bridle Path, que tem um lindo cenário e cruza o parque.

Bride Trail in Stanley Park Vancouver

 

Capilano Suspension Bridge

O Capilano Suspension Bridge é uma das atrações mais populares de Vancouver, atraindo milhares de turistas. A ponte cruza o rio Capilano no distrito de North Vancouver (cerca de 20 minutos do centro de Vancouver), tendo incríveis 140 metros de comprimento e com uma altura de 70 metros! A ponte é a atração principal do parque, que também oferece outras atrações legais, como as passarelas suspensas nas árvores (ThreeTops Adventure), sendo que alguns caminhos possuem 30 metros de altura. O parque também oferece trilhas gostosas para se fazer em meio a uma vegetação exuberante, um museu que conta a história da ponte e alguns totens legais.

Capilano Suspension Bridge in Vancouver

O parque é muito bem cuidado e uma excelente opção de passeio em Vancouver. Pode-se chegar até ele utilizando-se o transporte público de Vancouver, de táxi (tem estacionamento no local) ou utilizando o serviço de traslado (shuttle) gratuito, que parte de pontos pré-determinados na cidade, sendo um deles no Canada Place, na moderníssima zona portuária de Vancouver.

Capilano Suspension Bridge Vancouver

Para informações sobre o preço dos ingressos, horários de funcionamento de pontos de partida do traslado gratuito, acesse o site do Capilano Suspension Bridge.

 

Grouse Montain

A Grouse Montain tem 1.231 metros de altura e fica localizada em North Vancouver, a aproximadamente 25 minutos do centro de Vancouver e funciona o ano todo. No inverno é uma estação de ski que tem mais de 20 pistas, e no verão se transforma no paraíso para quem gosta de fazer trilhas ou caminhar.

Grouse Montain in Vancouver gondola

No alto da montanha você encontra uma série de atrações, como um cinema que exibe filmes sobre natureza e a vida selvagem, trilhas interpretativas, caminhadas guiadas, tirolesas, teleféricos, shows (o do lenhador “Lumberjack” é imperdível), refúgio que conta com dois ursos pardos, elevador que leva até o topo de uma turbina geradora de energia eólica “The Eye of the Wind”, entre outras atrações.

Bears in Grouse montain Vancouver

Você pode chegar até o topo da montanha por meio de uma gôndola, a Skyride, ou por meio de uma trilha de 2,9 km chamada de Grouse Grind Hiking Trail. A trilha é muito legal e bem mantida, mais é meio desafiadora, pois você subirá cerca de 800 metros. Uma opção é subir pela trilha e descer com a gôndola, pagando um ticket relativamente barato para descer.

Teleférico que leva ao topo da Grouse Montain

Como chegar à Grouse Montain

Para chegar a Grouse Montain você pode utilizar o transporte público de Vancouver, ir de carro ou então utilizar o transporte gratuito que parte diariamente do Canada Place no centro de Vancouver durante o verão. Informações sobre o itinerário do shuttle e dos horários você pode encontrar aqui.

Existem diferentes tickets que você pode comprar para visitar a Grouse Montain. O pacote mais básico, o Alpine Experience, inclui passagem de ida e volta da gôndola e algumas atividades no topo da montanha, como os shows. Aqui você encontra informações sobre os tickets e seus respectivos preços.

 

Kitsilano Beach

Essa praia fica pertinho do centro de Vancouver e você pode chegar facilmente de bicicleta utilizando o excelente sistema de ciclovia de Vancouver, com o transporte público ou de carro. A estrutura da praia é muito legal, com várias quadras de esporte (incluindo tênis e basquete), um belo calçadão e a mais longa piscina do Canadá, com 137 metros de comprimento (de água salgada e aquecida).

Kitsilano Beach in Vancouver

O ambiente é muito legal, embora a praia em si não seja bonita como algumas que temos no Brasil ou se encontra no Caribe. Mais vale muito a pena dar uma passada por la e durante o verão aproveitar para tomar um sol.

 

Wreck Beach

Essa praia fica meio escondida, localizada no sudoeste de Vancouver, um pouco distante do centro, em frente ao campus da University of British Columbia (UBC). Existe uma trilha bem mantida que leva até a praia e levamos cerca de 10 minutos para descer.

Wreck Nude Beach Trail Vancouver

O estacionamento mais próximo fica a cerca de 5 minutos a pé da entrada da trilha. Não se esqueça de pagar pelo estacionamento antes de sair. É possível também chegar com o transporte público ou de bicicleta.

A praia é de nudismo opcional em toda a sua extensão. No dia em que fomos, durante a semana no verão, a praia estava bem cheia e mais da metade das pessoas estavam sem roupas.

O ambiente da praia é legal, cercada por verde. Mas não espere encontrar uma praia bonita como muitas do Brasil ou do Caribe, mas sim uma praia diferente, com areia escura e cheia de troncos de árvores que servem de cadeira para os banhistas.

 

Robson Street

A Robson Street é uma rua localizada bem no centro de Vancouver, bastante movimentada, cheia de lojas, restaurantes, cafés e bares. Aqui você encontra lojas de marcas famosas, misturada com muitas lojas locais.

Não deixe de caminhar por essa rua de Vancouver, pois aqui você poderá experimentar bastante a cultura da cidade. Artistas de rua costumam se apresentar por aqui.

É uma excelente opção para quem quer caminhar do centro até o Stanley Park. Tem um bom supermercado chegando perto do parque, onde você pode parar para comprar coisas para fazer um pic-nic no parque.

 

Gastown

Gastown é um bairro de Vancouver que foi fundado em 1.867, repleto de pubs, lojas e muita história. Aqui está instalado o famoso relógio a vapor (esquina da Cambie com a Water Street), que apita a cada 15 minutos. Muitos turistas ficam em frente ao relógio esperando ele apitar.

Gastown in Vancouver Steamclock night

Não deixe de passear em Gastown. O bairro é uma delícia, cheio de pubs, lojinhas para comprar presentes e lembrancinhas de Vancouver, cafeterias, cervejarias… A iluminação de Gastown é bem legal. Recomendamos visitar o bairro durante e dia para fazer compras e retornar a noite para experimentar um dos pubs.

Gastown Vancouver

O bairro fica pertinho do centro de Vancouver, você pode facilmente caminhar até lá, utilizar o transporte público ou então ir de bicicleta.

 

Yaletown

Yaletown é um bairro residencial perto do centro de Vancouver, possui marinas, pubs, bares, parques e os prédios mais altos da cidade. É um bairro bem legal para se caminhar ou pedalar. Não deixe de dar uma passada para conhecê-lo.

Yaletown Vancouver

 

Canada Place

O Canada Place foi construído no ano de 1986 para o World’s Fair Expo, tendo um design que pode ser considerado atual mesmo após pouco mais de duas décadas de sua construção.

Canada Place in Vancouver city downtown

É um dos cartões postais da cidade de Vancouver, cheio de restaurantes, lojas, cafés… Pertinho do Canada Place está o Vancouver Convention Centre.

Canada Place in Vancouver

Uma linda ciclovia liga o Stanley Park ao Canada Place. É muito gostoso pedalar por essa ciclovia beira-mar, sendo o lugar muito bonito.

 

Fly Over Canada

O Fly Over Canada está localizado no Canada Place, sendo uma atração muito legal: é um simulador de voo que te leva a um passeio pelas principais atrações do Canada. É um simulador no estilo da famosa atração Soarin do parque Epcot da Disney de Orlando, só que mais longo e mais moderno, cheio de efeitos. A sensação de sobrevoar o Canada é incrível!

FlyOver Canada

O “voo” é muito legal, te colocando realmente dentro do cenário. Gostamos muito e recomendamos fortemente que você visite essa atração. Consulte os preços e horário de funcionamento diretamente no site da atração.

 

Granville Island e o Public Market

Granville Island é uma ilha próxima ao centro de Vancouver que é uma graça, cheia de lojas, restaurantes, cafés, bares e um excelente mercado-público, repleto de produtos locais.

Granville Public Market in Vancouver

Vale muito a pena passear em Granville Island. O Public Market fecha às 19hs, então programe-se para chegar antes desse horário para poder visitá-lo. Neste mercado você terá a oportunidade de comprar muitos produtos locais. Gostamos muitos das frutas!

Granville Public Market in Vancouver

A Granville island está localizada no False Creek, tendo um acesso bem fácil. Você pode chegar utilizando o transporte público, de barco, a pé (prepara-se para andar um pouquinho desde o centro de Vancouver) ou de bicicleta. Fomos de bicicleta e recomendamos! O trajeto é bem tranquilo pelas ciclovias de Vancouver. Chegando lá você pode utilizar o serviço de estacionamento valet gratuito ou então prender sua bicicleta em um dos bicicletários espalhados pela ilha.

 

Chinatown

Em Vancouver você não demorará muito para perceber a presença da cultura asiática, seja pelo número de asiáticos que você encontrará nas ruas ou pelo grande número de restaurantes e lanchonetes voltadas para a cozinha asiática.

O bairro Chinatown de Vancouver fica bem perto do centro da cidade. Tem um bonito portal na entrada e um jardim japonês pequeno porém bem simpático, o Dr Sun Yat-Sen (entrada gratuita).

Dr Sun Chinatown in Vancouver

Em Chinatown você encontra muitas lojas especializadas em produtos asiáticos e algumas lojas interessantes que vendem produtos asiáticos. Não notamos nenhuma loja vendendo artigos de souvenir.

 

Vancouver Public Library

A Vancouver Public Library é a terceira maior biblioteca pública do Canada e está instalada bem no centro de Vancouver, na Robson Street (esquina com a Homer Street), em um prédio no estilo do Coliseu de Roma.

Vancouver Public Library

 

Vancouver Aquarium

O Vancouver Aquarium está localizado dentro do Stanley Park. É o aquário mais famoso do Canada, atraindo muitos visitantes. Conta com shows com golfinhos e baleias. Infelizmente, não tivemos tempo de visitá-lo e apenas passamos em frente de bicicleta durante nosso passeio no Stanley Park.

Vancouver Aquarium

 

VanDusen Botanical Garden

O Jardim Botânico VanDusen é muito bonito e bem cuidado, com mais de 22 hectares, abrigando uma grande variedade de animais e plantas. Tem muitas opções de trilhas e um labirinto bem legal. Fica localizado a cerca de 20 minutos do centro de Vancouver, podendo ser acessado facilmente de carro, com o transporte público ou bicicleta.

VanDusen Botanical Garden Vancouver

VanDusen Botanical Garden Maze em Vancouver

 

Aquabus

O passeio de Aquabus pela False Creek é um jeito de conhecer Vancouver de uma maneira diferente. O Aquabus tem paradas ao longo da False Creek.

Aquabus passeio pelo False creek em Vancouver

 

Onde comprar lembrancinhas em Vancouver?

Em Vancouver, você encontrará muitas lojas de souvenir em Gastown e também na Robson Street. As lojas possuem uma boa variedade de artigos e os preços são relativamente bons.

 

Noite em Vancouver

Para sair à noite em Vancouver recomendamos os bairros de Gastown e Yaletown, ambos com boas opções de pubs, bares e restaurantes. Caminhamos tranquilamente por esses bairros e não sentimos nenhuma insegurança.

 

Roteiro de 2 dias em Vancouver

Com apenas dois dias em Vancouver, sugerimos o seguinte roteiro:

– Alugue uma bicicleta e percorra a ciclovia Seawall do Stanley Park. Estenda a pedalada pela orla até chegar na Granville Island, explore a ilha e conheça o mercado central.

– Aproveite para pedalar um pouco pela Robson Street e conhecer um pouco da vibe do centro antes de devolver a bicicleta.

– No segundo dia, acorde cedo e vá até a Capiolano Suspension Bridge. Após conhecer o parque, pegue um ônibus até a Grouse Mountain(que fica bem pertinho).

– Retorne com o traslado da Grouse Mountain até o Canada Place e caminhe de lá até Gastown. Fique até anoitecer e termine a noite em um dos seus charmosos pubs.

Esse é um roteiro bem básico e corrido, mas permite que você tenha uma boa visão da cidade de Vancouver. Com mais dias é possível montar roteiros abrangendo um maior número de atrações.

 

Roteiro de 3 dias em Vancouver

Com três dias disponíveis, é possível acrescentar ao roteiro de dois dias uma passada na Kitsilano Beach e uma caminhada pelo centro de Vancouver, percorrendo a Robson Street em toda a sua extensão. Aproveite para caminhar até o Canada Place e experimentar o FlyOver Canada, uma atração bem interessante.

 

Dicas de Vancouver:

– Procure ficar hospedado no centro de Vancouver ou o mais próximo possível dele, assim poderá explorar grande parte das atrações caminhando ou pedalando.

– Alugue um carro somente se você quiser visitar lugares mais distantes do centro sem depender do transporte público, como a Wreck Beach e o VanDusen Botanical Garden. As demais atrações você consegue visitar facilmente caminhando, com o transporte público ou de bicicleta (que é um excelente meio de transporte para conhecer Vancouver).

– Alugar uma bicicleta é uma forma bem legal de explorar a cidade, que conta com um excelente sistema de ciclovias. Com a bicicleta você se desloca facilmente entre as atrações. Utilizamos as bicicletas da Yes Cycle, localizada na 687 Denman Street (Telefone 604-569-0088).

– Dólares americanos geralmente são aceitos pelos estabelecimentos, mas o troco é sempre em Dólares Canadenses.

 

One thought on “Guia de Vancouver: atrações, passeios, dicas e roteiros

Deixe uma resposta